Um herói das sombras, um homem sem medo, esse é a fama que o Demolidor carrega dentro e fora das HQs, sendo um dos grandes heróis da Marvel. A jornada sombria de Matt Murdock é bem conhecida pelos fãs de HQs, já que muitas de suas estórias são bem conhecidas do público geek. Ele ganhou notoriedade por ser um justiceiro de bairro, que luta de dia e de noite contra o crime, seja como um advogado ou como um herói.
Fora das HQs, o herói apareceu em diversas mídias como em animações, nos cinemas e mais recentemente faz grande sucesso na Netflix, com sua série solo que está em sua terceira temporada e é vista como a série de super-heróis mais bem sucedida da atualidade, sendo interpretado por Charlie Cox em sua série própria e no spin-off “Os Defensores”, onde o Demolidor é a peça chave para o sucesso da equipe.
Com a chegada da terceira temporada de “Demolidor” na Netflix, vamos conhecer um pouco mais de sua trajetória nas HQs e fora delas.

 

A Criação

O Demolidor foi criado por Stan Lee e Bill Everett, com algumas contribuições de Jack Kirby, em 1964. Estreando na HQ “Demolidor” #01 de abril de 1964, já na primeira edição o herói ganhou a alcunha de “O Homem Sem Medo”.

 

Inspiração do Nome

Demolidor em inglês se escreve Daredevil, que é um termo usado para descrever pessoas que adoram correr riscos e se aventuram em atividades perigosas, já em português este mesmo termo é dito como destemido, audaz, corajoso ou ousado. A palavra Daredevil é formada por outras duas em inglês “dare” (desafiar) e devil (demônio ou diabo), etimologicamente daredevil é um sujeito que desafia o diabo, que brinca com a morte, que se arrisca fazendo coisas perigosas.
O nome Daredevil proveio de seu pai, Jack Murdock, um boxeador que tinha um estilo de luta tão agressivo que o apelidaram de “O Diabo”, assim Matt se inspirou no pai para criar seu traje que se parece com um diabo, um demônio.
Antes de sua estreia nas HQs, o nome Daredevil já havia sido usado por outro personagem durante a Era de Ouro dos quadrinhos, que atualmente está em domínio publico, quando chegou ao Brasil, primeiramente Daredevil foi traduzido como Destemido, depois passou para Demolidor como é conhecido hoje.
O Demolidor não foi o primeiro herói deficiente visual das HQs, em 1941 a DC Comics estreava o personagem Doutor Meia-Noite, um herói cego que possuía uma visão especial com bombas blecaute, onde ele podia enxergar e atacar seus inimigos, ele fazia parte da equipe Sociedade da Justiça da América e do Comando Invencível.
O nome completo do herói Demolidor é Matthew Michael Murdock, nascido no bairro de Hell’s Kitchen em Nova York.

 

Aparições

O Demolidor nasceu com a vantagem de já estrear em uma série própria, mas seu início não foi tão fácil assim, diferentemente do Homem-Aranha que já emplacou logo nas primeiras edições, o Demolidor demorou um pouco para se consolidar. Apesar de ele ter tido sua primeira edição escrita por Stan Lee, parece que na época ele não tinha tanto tempo para se dedicar ao “Demônio de Hell’s Kitchen” (além do Homem-Aranha, ele também cuidava das estórias do Homem de Ferro, Thor, Quarteto Fantástico, entre outros) assim a partir da segunda edição sua série passou pelas mãos de diversos desenhistas (mesmo Lee ainda mantendo os créditos da escrita), sem equipe fixa uma falta de direcionamento do personagem, isso acabou transparecendo nas estórias do herói que para ser salvo de um possível cancelamento fazia participações em diversas HQs do Homem-Aranha e do Quarteto Fantástico. Tempos depois, apareceu em estórias dos Novos Vingadores e até enfrentando o Gigante Esmeralda, O Hulk.

 

Revista Própria

Como já dito, o Demolidor estreou nas HQs em sua série própria intitulada “Demolidor” #1 de 1964, escrita por Stan Lee e ilustrada por Bill Everett. Nesta HQ conhecemos a origem de Matt Murdock e a sua motivação para se tornar o justiceiro mascarado chamado Demolidor. Com esta introdução memorável do herói no cânone de heróis da Marvel, vamos agora conhecer outras boas estórias do herói:

 

HQ “Demolidor” #1: Escrita por Stan Lee e ilustrada por Bill Everett em 1964.
Esta é a primeira HQ do herói e a que mostra a origem do personagem.
Trama: A origem do Demolidor, O Homem Sem Medo! Matt Murdock é cego, mas ganha habilidades super poderosas que ele usa para patrulhar Hell’s Kitchen.

 

HQ “Demolidor – A Saga de Elektra” #158 a #191: Escrita por Frank Miller e ilustrada por Klaus Janson em 1981 a 1983. Nesta saga conhecemos a assassina grega Elektra Nachtios e acompanhamos seu grande embate contra o vilão Mercenário.
Trama: O Demolidor está à caça de uma testemunha de assassinato que tem a cabeça a premio, mas o Homem Sem Medo não sabe que isso o colocará frente a frente com uma assassina de aluguel: Elektra. Recordações vêm à tona, o período no campus da faculdade, o desenrolar da paixão, o atentado que envolveu Matt Murdock e culminou com a morte do pai da moça, a dolorosa despedida. Porém, a realidade agora é outra e o amor tem de ser deixado de lado para que haja justiça.

 

HQ “Demolidor – Roleta-Russa” #191: Escrita por Frank Miller e ilustrada por Terry Austin em 1983. Essa HQ faz parte da Saga Elektra destacada acima, mas ela se destaca por sua qualidade e ser o último capítulo da primeira temporada de Frank Miller à frente do personagem.
Trama: O Demolidor faz uma “visita” surpresa ao hospital onde o cruel Mercenário está acamado e totalmente imobilizado, se recuperando da última luta que travou contra o herói. O Homem Sem Medo, então, resolve fazer um joguinho de roleta-russa com ele.

 

HQ “Demolidor – A Queda de Murdock” #219 a #233: Escrita por Frank Miller e ilustrada por David Mazzucchelli em 1985 e 1986. A mais famosa das estórias do herói nas HQs, sua trama servirá de base para a terceira temporada de “Demolidor” na Netflix.
Trama: A antiga namorada de Matt Murdock, Karen Page que agora é uma decadente estrela do cinema pornô viciada em heroína, por mais uma dose, vende a identidade secreta do Demolidor, essa informação chega ao Rei do Crime. Wilson Fisk manda matar a todos que sabem da mesma informação para garantir exclusividade, ele arquiteta um plano que em vez de um ataque frontal, ataca seu inimigo de uma maneira que destrua por completo a sua vida pessoal. Matt nem percebe o que lhe atingiu e em poucas semanas a sua vida desmorona e ele se encontra literalmente à beira da loucura. Poderá Murdock se reerguer e reunir forças para encarar o pior dos inimigos?

 

HQ “Demolidor – Mary Typhoid” #254 a #263: Escrita por Ann Nocenti e ilustrada por John Romita Jr. em 1988 a 1989.
Trama: Matt Murdock encontra uma mulher que parece ser perfeita para ele, a bela Mary Parker. Só depois, O Homem Sem Medo descobre que ela é na verdade uma perturbada assassina serial com dupla personalidade, conhecida como Mary Typhoid.

 

HQ “Demolidor – O Homem Sem Medo” #01 a #05: Escrita por Frank Miller e ilustrada por John Romita Jr em 1993. Nesta HQ descobrimos um pouco mais da origem do herói, sua adolescência, sua namorada da faculdade Elektra Natchios e seu envolvimento com o misterioso Stick, seu mestre nas artes marciais.
Trama: Uma chama arde profundamente em Matt Murdock. Ele foi criado por seu pai, um boxeador em decadência com uma última chance de fazer algo de bom – uma chance que lhe custou à vida. Ridicularizado e atormentado pelas outras crianças enquanto crescia, Matt teve sua vida irremediavelmente alterada quando, ao salvar um idoso, perdeu a visão ao ser atingido por materiais radioativos. A compensação? Uma vontade inquebrável e uma inteligência aguçada, que o ajudaram a dar foco aos super sentidos com os quais Matt foi abençoado pelo acidente.

 

HQ “Demolidor – Além do Limite” #343 a #347: Escrita por J.M. DeMatteis e ilustrada por Ron Wagner em 1995.
Trama: Matt Murdock fica preocupado ao saber que existe outra pessoa vestida de Demolidor e agindo na cidade. Só que este “imitador” usa seu velho uniforme amarelo e traz o ar jovial e risonho que o herói tinha em seus primeiros anos de atuação. Enquanto busca descobrir o que está acontecendo, o homem sem medo também precisa lidar com uma nova ameaça, um novo vilão.

 

HQ “Demolidor – O Demônio da Guarda” Vol. 2 #01 a #08: Escrita por Kevin Smith e ilustrada por Joe Quesada em 1998 a 1999.
Trama: O católico Matt Murdock se depara com uma mãe adolescente que deu a luz a uma criança perseguida por misteriosos bandidos. O Demolidor investiga e termina sabendo que a criança na verdade é o Anti-Cristo, destinado a condenar toda a humanidade. E agora? O que fazer? Salvar a criança ou deixa-la morrer? As duvidas chegam no pior momento, pois após reatar com Karen Page, a mesma descobre que esta com HIV positivo, fruto de seu passado com drogas e filmes pornôs. Atormentado e cheio de duvidas cabe ao herói cumprir seu titulo de “demônio atrevido” e intrometer-se no que parece ser uma guerra entre o Céu e o Inferno, ou será que há algo por trás disso? É tudo um ato de fé?

 

HQ “Demolidor – Exposto” Vol. 2 #32 a #40: Escrita por Brian Michale Bendis e ilustrada por Alex Maleev em 2002 a 2003.
Trama: Matt Murdock vê seu mundo virar de cabeça para baixo ao ter a sua identidade secreta revelada ao mundo pelos jornais. Que impacto isso terá na vida do herói? O que o Rei do Crime tem a ver com isso?

 

HQ “Demolidor – O Demônio Interno e Externo” Vol. 2 #82 a #87: Escrita por Ed Brubaker e ilustrada por Michael Lark em 2006 a 2007.
Trama: Enquanto Matt Murdock luta por sua sobrevivência na cadeia, ele tenta provar a sua inocência e convencer o mundo de que não é o Demolidor em um ambiente totalmente hostil e desfavorável.

 

HQ “Demolidor – Um Novo Começo” Vol. 03 #01 a #10: Escrita por Mark Waid e ilustrada por Paolo Rivera e Marcos Martin em 2011 a 2012.
Trama: Murdock tenta ajudar como advogado pessoas que não tem como se defender, ao mesmo tempo em que chama a atenção para si de todas as organizações terroristas da Marvel (HYDRA, IMA, Tentáculo, Império Secreto, etc.), ao tomar posse de um disco rígido com os maiores segredos do planeta. Agora, o Demolidor terá de lidar com esse grande desafio, enquanto precisa organizar a sua conturbada vida pessoal e ainda convencer as pessoas de que não é o Demolidor.

Estória

A Influencia de seu pai na Infância: Jack Murdock ainda muito jovem se apaixonou por Maggie Grace, ambos casaram e tiveram um filho, Matt. Embora a vida deles fosse boa, Maggie acabou se divorciando de Jack e os abandonando para se tornar freira. Jack não queria que Matt crescesse odiando a mãe, então lhe disse que ela havia morrido. A partir de então, Jack criou o filho sozinho, se tornando um boxeador e fazendo tudo o que podia para apoiar o filho.
Ele sempre incentivava Matt a estudar para ser um homem bem sucedido no futuro, o cobrando a estudar mais que praticar esportes.

A Primeira Tragédia: Certo dia, enquanto Matt caminhava pela rua, ele viu que um homem cego estava prestes a ser atropelado por um caminhão, ele correu na frente do caminhão e empurrou o homem para fora do caminho. O motorista do caminhão ao tentar desviar de Matt acabou derrubando um dos tubos que transportava, esses tubos continham resíduos radioativos que caíram diretamente nos olhos de Matt, o cegando instantaneamente por toda a vida.

A Descoberta: No hospital, enquanto se recuperava, Matt descobriu que seus outros quatro sentidos foram ampliados a níveis sobre-humanos e ainda desenvolveu um sentido a mais, uma espécie de radar sensorial, similar a ecolocalização.

Mudança “Secreta” de Vida: Ao sair do hospital, Matt teve de se acostumar a sua nova condição que não foi fácil no início, mas certo dia conheceu um misterioso homem chamado Stick que também era cego e mais, ele era um mestre em artes marciais e artes ninja, foi ele quem ensinou Matt a controlar as suas novas habilidades e a disfarçar sua cegueira de uma maneira que ninguém percebesse que conseguia “enxergar” sem seus olhos.

A Faculdade: Matt continuou a estudar fervorosamente e acabou entrando na Universidade de Direito de Columbia, lá ele conheceu seu grande e melhor amigo Foggy Nelson e o grande amor de sua vida, Elektra Natchios. Matt e Elektra tiveram um curto relacionamento que acabou quando o pai dela foi acidentalmente assassinado, a fazendo se isolar do mundo e do próprio Matt.

A Segunda Tragédia: Enquanto Matt estava na faculdade, seu pai Jack continuava sua carreira de boxeador, conseguindo algum sucesso nos ringues. Em uma de suas lutas mais importantes, Jack deu a Matt e Foggy ingressos para vê-lo ser o “Diabo no ringue” como todos comentavam. Porém, antes da grande luta Jack foi visitado pelo gangster Roscoe Sweeney, conhecido como Armador, que lhe revelou que todas as lutas em que participou foram compradas e que nesta em especial ele deveria perder se não seria morto. Jack não queria perder a luta na frente do próprio filho, então ele foi contra as ordens que recebeu e acabou vencendo a luta. Na mesma noite Jack Murdock foi assassinado.

O Advogado: Matt inconformado com a morte do pai e a falta de ação da justiça, começou a investigar por si próprio o assassinato do pai. Neste meio tempo ele acabou se formando junto com Nelson na faculdade e de imediato ambos formaram uma sociedade, abrindo a firma “Nelson & Murdock”.

O Nascimento do Demolidor: Com a falha do sistema legal em apanhar os responsáveis pelo assassinato de seu pai, Matt que era treinado nas artes marciais, decidiu usar suas habilidades para trazer a si mesmo a justiça que esperava. Trajado com um uniforme de justiceiro, ele caçou os assassinos, perseguindo os mercenários do Armador e os deixou vivos por pouco, encontrando o verdadeiro mandante do crime. O Armador enfrentou o justiceiro Demolidor apontando uma arma para ele, mas antes que Matt pudesse agir o Armador sofreu um infarto e morreu. Slade que foi quem executou a ordem de matar Jack confessou seu crime ao Demolidor, que por sua vez o entregou às autoridades, Slade foi levado a justiça e considerado culpado. A partir de então Matt passou a ter uma vida dupla: Durante o dia era um respeitado advogado, a noite era o herói conhecido como Demolidor.

 

Uniformes

Para aqueles que não conhecem bem a história do herói nas HQs acabam relacionando o Demolidor ao seu clássico uniforme vermelho, muito por conta do filme de 2003 estrelado por Ben Affleck, mas na verdade o herói já trajou diversos tipos de uniformes (inclusive o preto ao qual vemos na série da Netflix). Vamos conferir então todos os uniformes já trajados pelo herói:

Amarelo: Este foi o primeiro traje do herói apresentado em sua estreia na HQ “Demolidor” #01 e foi criado por Bill Everett, sob orientação de Stan Lee. Esse primeiro uniforme foi feito com partes do roupão do pai de Matt, Jack “Batalhador” Murdock, seu traje era amarelo e continha apenas um “D” estampado no peito.

Vermelho: A partir da HQ “Demolidor” #07, Wally Wood resolveu simplificar o traje do herói, o deixando com um ar mais demoníaco, aplicando a cor vermelha em todo o traje que nesta altura já tinha dois “D”s estampados no peito. Este se tornou o uniforme clássico do herói que com o tempo obteve algumas modificações apenas no formato dos “D”s.

Preto: Frank Miller e John Romita Jr. criaram um traje “especial” para o herói durante a minissérie “Homem Sem Medo”. Quando Matt ainda era um universitário e nem considerava em ser um herói algum dia, ele acabou entrando em alguns confrontos e para proteger sua identidade ele precisou improvisar um traje, eis que surgiu o “pré-traje” que certamente inspirou o que vemos na série da Netflix.

Cinza/Vermelho: Os roteiristas Daniel Chichester e Scott McDaniel criaram durante o arco “Caindo em Desgraça” #319 a #344, um novo traje para o herói, na verdade o traje era uma armadura acinzentada que o acompanhou em uma fase mais obscura e pesada do vigilante até ser despedaçada e ele voltar ao traje clássico.

Vermelho/Preto: Durante a saga “Guerras Secretas”, o Demolidor e outros heróis escalados por Nick Fury ganharam novos trajes a fim de invadir a Latvéria. Este traje foi usado uma única vez pelo herói e provavelmente foi ele que inspirou o traje vermelho que vemos na série da Netflix.

Vermelho/Branco: Durante uma série ligada ao Capitão Universo e o Unipoder, Matt Murdock foi seu portador por uma única edição. Além das propriedades concedidas pelo poder cósmico, as suas roupas ganharam um novo design por um breve momento.

Vermelho (Samurai): Na minissérie “Pai”, escrita e ilustrada por Joe Quesada, Matt muda completamente seu traje para combater um grupo de vilões adeptos da Santeria, assim ele toma um ar samurai tradicional.

Cinza: Na minissérie “Terra das Sombras”, o Demolidor se tornou o Líder do Tentáculo e aos poucos foi sendo corrompido pela Besta. Essa mudança pode ser percebida por meio de seu traje, que passou a ser cinza com os dois “D”s mais macabro.

 

O que as Tartarugas Ninjas têm a ver com o Demolidor?

As Tartarugas Ninjas e o nosso herói Demolidor tem muitas coisas em comum, mas primeiro vamos saber um pouco da história delas. As Tartarugas Ninjas foram criadas por Kevin Eastman e Peter Laird para a editora Mirage Studios em 1984, a sua primeira aparição foi na HQ “Teenage Mutant Ninja Turtles” #01. Elas são um grupo de tartarugas antropomórficas que possuem o nome de quatro artistas italianos do Renascimento (Leonardo, Rafael, Donatello e Michelangelo), foram treinadas na arte do Ninjutsu por um rato sensei antropomórfico chamado Splinter. Morando nos esgotos de Nova York, elas batalham contra criminosos, senhores demoníacos, criaturas mutantes e alienígenas invasores, enquanto tentam permanecer escondidos da sociedade.
Agora o que elas têm em comum com o Demolidor? Bem, primeiramente a sua origem foi causada diretamente pelo acidente de Matt.
No dia do acidente, um tubo que continha resíduos tóxicos caiu, derrubando certa quantidade nos olhos de Matt. Outro garoto que passava no local com um vidro que continha quatro tartarugas deixou-as próxima a um bueiro saindo correndo para ver o acidente, mas esse resíduo escorreu até onde o vidro estava, o quebrando e banhando as tartarugas. Tanto o liquido quanto as tartarugas caíram no esgoto, assim nasceram as Tartarugas Mutantes.
Uma curiosidade é que o Mestre Splinter foi criado em homenagem a Stick, mentor cego do Demolidor, outra é que o principal clã inimigo das Tartarugas intitulado O Pé é uma obvia homenagem ao clã A Mão, que é a organização de ninjas místicos que são inimigos do herói.
O título original “Teenage Mutant Ninja Turtles” era uma referencia satírica a vários tópicos populares nos quadrinhos daquele tempo. “Teenage” era uma referencia a mania tanto da Marvel quanto da DC de fazerem versões mais jovens de seus heróis, como os Novos Mutantes e os Novos Titãs. “Mutant” era uma referencia a popularidade dos X-Men. Agora a questão de serem ninjas se deve ao fato dos criadores acharem hilário o contraste de uma lenta tartaruga se movendo na velocidade de um ninja.

 

Poderes, Fraquezas e Armas

O Demolidor pode ser cego, mas possui poderes incríveis:

Sentido Radar: O Demolidor consegue ter a percepção dos objetos, ambientes e pessoas à sua volta através da formação de uma imagem mental. Uma teoria sobre esse “radar”, é que seja uma forma de ecolocalização através de energia eletromagnética. Ondas radio são emitidas de seu cérebro, essa projeção vai para o exterior e “bate” em tudo o que o rodeia, isso gera um sinal que sua mente capta e interpreta como imagens compostas por contornos e formas.

Sensibilidade a Radiação Eletromagnética: Ele possui um nível alto de sensibilidade a varias formas de radiação eletromagnética, conseguindo detectar e identificar todo o tipo de ondas na escala da radiação eletromagnética, tendo ainda a percepção da força da radiação e a diferenciar por cores.

Sentido de Tato Aumentado: O seu sentido de toque é tão sensível que ele consegue detectar a mais leve das tintas em papel, conseguindo ler com um simples toque. A sua sensibilidade à temperatura corporal e do ambiente à sua volta permite ao herói determinar se alguém está vivo, há quanto tempo alguém está morto e até mesmo detectar estados emocionais que se manifestem em mudanças corporais, como o rubor nas faces.

Sentido Aumentado da Audição: Sua audição é tão desenvolvida que ele consegue escutar pessoas falarem, mesmo através de paredes à prova de som, também é capaz de ouvir um batimento cardíaco até cerca de 6 metros de distancia, ele identifica as pessoas através do seu batimento cardíaco individual, constantemente capta a circulação sanguínea, movimentos e respiração das pessoas a sua volta.

Sentido Aumentado do Olfato: O herói consegue detectar com precisão o odor único de alguém e seguir a pista olfativa até encontrar a pessoa que busca. A sua memória olfativa é extremamente apurada, lembrando facilmente dos cheiros e a quem ou onde pertencem.

Sentido Aumentado do Paladar: Seu paladar é mais apurado que o do melhor chef do mundo, este sentido permite ao herói identificar todos os ingredientes presentes em uma comida ou bebida, desde que contenham pelo menos 20 miligramas da substancia.

Detector de Mentiras: Com seus sentidos extremamente apurados, o Demolidor de varias formas consegue descobrir se alguém esta mentindo, seja escutando o batimento cardíaco ou verificando a mudança do odor de alguém, assim ele descobre quem esta tentando esconder a verdade.

Mestre em Combate: Matt tem a forma física a nível de um atleta Olímpico, ele possui agilidade, força, velocidade e resistência. Sua forma de lutar é uma mistura interessante das artes marciais ensinadas por Stick e o seu treinamento individual com inspiração em seu pai pugilista.

Senso e Imunidade: O Demolidor tem um ótimo senso de equilíbrio (isso pode se dever ao seu sentido de ecolocalização) e pode não ser considerado um poder, mas o Demolidor realmente tem imunidade ao medo (a alcunha de “O Homem Sem Medo” não foi dado à toa).

Inteligência: Matt Murdock é um advogado especializado, tendo conhecimento enciclopédico das leis e dos estatutos de Nova York. Ele também é autodidata, mestre nas ciências aplicadas em engenharia mecânica, também é um grande estrategista, especialista em interrogatório, disfarce, medicina e trabalho de detetive.

O Demolidor também possui algumas fraquezas:

Todos os seus sentidos extremamente apurados também tornam o Demolidor vulnerável a ruídos e odores excessivos, o que pode enfraquecer temporariamente seu senso de radar. Se for bombardeado por muitos sons ao mesmo tempo, pode ser facilmente desorientado.
Devido a sua cegueira, ele é incapaz de discernir fotos ou vídeos, só podendo adivinhar as cores com base na quantidade de calor que estão absorvendo ou refletindo.
O Demolidor também é suscetível a danos físicos e doenças tanto quanto qualquer outro ser humano comum.

O herói usa de alguns equipamentos:

O Demolidor não é muito conhecido por usar de armamento em suas batalhas, mas quando necessário ele usa alguma ajuda. O herói carrega consigo um cassetete disfarçado de bengala em trajes civis, esta é uma arma versátil de múltiplos propósitos e mais forte que qualquer punho. Contém 90 metros de cabo conectado a um arpéu endurecido, mecanismos internos permitem que o cabo seja perfeitamente enrolado, enquanto uma mola poderosa lança o arpéu. Geralmente o Demolidor carrega também dois bastões de luta.

 

Inimigos

Rei do Crime: Este é sem duvida o arqui-inimigo do Demolidor. Ele como um verdadeiro mestre ou rei muitas vezes já mandou e ainda manda outros fazerem seu trabalho sujo.
Wilson Fisk é a representação perfeita da corrupção e imoralidade que perverte toda a sociedade, e Matt Murdock luta contra ele seja como advogado ou como herói.

Mercenário: O Demolidor é um herói tão especial que possui não apenas um, mas dois arqui-inimigos. Já mencionamos o Rei do Crime, mas seu segundo arqui-inimigo é com certeza, o não menos importante, Mercenário. Não se sabe de fato seu real nome, mas ele é mais conhecido por Leonard Nate ou Benjamin Poindexter, um impiedoso assassino e psicopata conhecido por nunca errar seu alvo. Inicialmente ele foi contratado pelo Rei do Crime para matar o Demolidor, mas acabou que o herói se tornou uma obsessão para o vilão. Ao longo dos anos, a loucura e violência chegaram a níveis doentios e o Demolidor pagou um preço alto demais, o vilão pode não ter ainda conseguido matar o Demolidor, mas assassinou dois de seus maiores amores: Elektra e Karen Page.

A Besta: Um demônio venerado pelo Tentáculo, que possuiu o corpo do Demolidor quando este decidiu que lideraria o clã ninja, para assim poder controla-lo e revertê-lo para agir a serviço do Bem. No entanto, a Besta corrompeu sua mente, o transformando numa pessoa extremamente cruel.

Elektra: Elektra Natchios é uma das personagens mais importantes na história do Demolidor em todas as mídias em que aparece, e aqui vou comentar apenas sobre a mercenária e assassina. Elektra tem uma estória trágica que se iniciou com o assassinato de sua família que foi o estopim para que sumisse mundo a fora e só voltasse à vida de Matt Murdock já como uma ninja assassina e mercenária, contratada pelo Rei do Crime para matar o Demolidor. Claro que tudo mudou quando Elektra descobriu a real identidade do Demolidor e por seu passado em comum não foi capaz de matar o herói. Tanto Elektra quanto Matt tem visões diferentes do mundo, isso originou muitos de seus confrontos, mas nos últimos anos de vilã ele acabou se tornando uma anti-heroína.

Mary Tyfoid: Mary desenvolveu um transtorno dissociativo de identidade devido a traumas severos durante a infância. Ela possui três personalidades: Mary (tímida e pacifista), Tyfoide (lasciva e provocadora) e Bloody Mary (uma sádica que odeia os homens).
Ela é também uma assassina que possui poderes psíquicos como telecinesia e a capacidade de colocar fogo nas pessoas com sua mente. Ela já trabalhou para diversos vilões, mas foi o Rei do Crime que a contratou para caçar e matar o Demolidor, assim ela seduziu Matt como Mary enquanto o atormentava como Tyfoide.

Senhor Medo: Esse título foi usado por diferentes pessoas, todas elas usaram uma arma chamada “gás do medo”, dentre elas Larry Cranston foi o Senhor Medo mais temível das estórias do Demolidor, pois usava não apenas o “gás do medo” como também era um mestre da manipulação e intimidação. Ele ficou mais conhecido por ter levado Milla Donovan (então esposa de Matt Murdock) à loucura de forma que afetou gravemente Matt.

Gladiador: Melvin Potter era um homem de bom coração que foi manipulado por homens poderosos a cometer crimes, a sua instabilidade mental acabou sendo explorada por aqueles com menos escrúpulos. Sua obsessão pelos gladiadores da antiguidade o levaram a criar o nome e a imagem de Gladiador como seu alter-ego. O Gladiador foi inimigo do Demolidor e era um oponente feroz por sua força brutal e a liberação de destruição em seus colapsos psicóticos.

Eco: Maya Lopez nasceu surda, mas sempre demonstrou ser superdotada por conseguir copiar os movimentos das pessoas só de ver apenas uma vez. Seu pai era um capanga do Rei do Crime que foi assassinado na sua frente (a mando do próprio Rei do Crime). Quando adulta Maya se envolveu com Matt Murdock, mas o Rei do Crime a manipulou e a convenceu de que Matt era o verdadeiro assassino de seu pai, assim ao ver um vídeo do Demolidor e do Mercenário lutando, foi o bastante para que pudesse copiar o estilo de luta dos dois e assim assumiu o codinome Eco para vingar seu pai.

Mystério: Quentin Beck é conhecido por ser um vilão do Homem-Aranha, mas ele deu muito trabalho para o Demolidor em uma de suas aparições. Ao ser liberado da prisão por estar no estagio terminal de uma doença, ele decidiu arruinar a vida de um herói, e como o Homem-Aranha não estava na cidade sobrou para o Demolidor. Mystério arquitetou e executou perfeitamente seu plano: Ao descobrir a identidade secreta do Demolidor ele acabou com a carreira de advocacia de Matt, incriminou Foggy Nelson por assassinato, fez Karen Page acreditar que estava com HIV e ainda contratou o Mercenário para matar o herói que não conseguindo acabou por matar Karen Page.

O Tentáculo: Um dos mais poderosos e implacáveis inimigos do Demolidor. O Tentáculo é uma organização de origem japonesa, datado do século XVI, eles são um culto místico de ninjas envolvidos em crime organizado por todo o globo. Essa organização devota à poderosa magia negra para dotar a imortalidade em seus membros, assim quando um inimigo do Tentáculo é morto eles conseguem o ressuscitar e o agregar como um membro da ordem. Assim, mesmo que o Demolidor ou outros heróis os derrotem, outros voltaram em um ciclo sem fim.

 

Parcerias

O Demolidor é conhecido por ser um herói receptivo a alianças, e isso ocorreu diversas vezes  durante sua jornada como herói. Seus maiores aliados como Matt Murdock são Foggy Nelson (seu melhor amigo), Karen Page (sua secretária e ex-namorada) e Ben Urich (um jornalista honesto e o primeiro a descobrir sua identidade secreta). Ele também é amigo de Jennifer Walters (a Mulher-Hulk), ambos trocam conselhos vez ou outra sobre advocacia.
Como Demolidor, ele já fez parceria com os heróis Homem-Aranha, Viúva Negra, Luke Cage e Punho de Ferro (eles são grandes amigos do herói), Namor, seu mentor Stick e a sua semialiada a ninja Elektra.
Nas equipes, o Demolidor fez parte da SHIELD, do grupo Os Virtuosos, Os Defensores e dos Novos Vingadores.

 

Relacionamentos

Elektra: Como já havia dito acima, Elektra tem grande importância para a estória do Demolidor, e agora vamos conhecer a sua parte mais humana. Com certeza, a grega Elektra Natchios é o grande amor da vida do Demolidor/Matt Murduck.
Elektra conheceu Matt ainda na adolescência, ambos foram para a faculdade juntos onde iniciaram um relacionamento que acabou devido o seu pai ter sido assassinado em pleno no campus onde estudava (Matt tentou salvá-lo, mas não obteve sucesso), ela então resolveu voltar para a Grécia, abandonando Matt. Anos depois, os dois se reencontraram já transformados, Matt em Demolidor e Elektra na ninja assassina e mercenária. O Rei do Crime a contratou para matar o Demolidor, mas ao descobrir ser ele Matt, ela não cumpre o serviço e essa é a deixa para o Mercenário tomar seu lugar de volta como assassino particular do Rei do Crime. Os dois entram em confronto e o Mercenário acaba perfurando Elektra com seus próprios Sais (arma que é a marca registrada da personagem), agonizando, ela se arrasta até o apartamento de Matt morrendo em seus braços. Tempos depois, Elektra é trazida de volta a vida pelo Tentáculo, sendo treinada por Stick e os Virtuosos, assim ela passa a variar entre vilã e anti-heroína, tendo um relacionamento conturbado com Matt, os dois tiveram um filho chamado Leonardo Murdock.

Karen Page: Segundo grande amor de Matt Murdock. Ela foi contratada por Foggy Nelson para ser a secretaria do seu escritório de advocacia em parceria com Matt, a “Nelson & Murdock”. Logo no inicio, ela desenvolve sentimentos por Matt. Os dois iniciam um relacionamento após a morte do pai de Karen que havia se tornado o vilão Cabeça da Morte, ele tentou matar o Demolidor, mas vendo que sua filha também estava em perigo, salva os dois sacrificando sua vida. Logo após a morte do vilão, Matt se revela como o Demolidor e os dois começam a namorar, mas a vida dupla de Matt acabou com o relacionamento e fez com que Karen se mudasse para Los Angeles para seguir a carreira de atriz. Sua carreira sofre um declínio, ela se torna atriz pornô e viciada em heroína, seu vício era tanto que acabou vendendo a identidade do Demolidor por uma dose. Karen é forçada a voltar para Nova York onde se reencontra com Matt, ele a ajuda a vencer o vicio das drogas, retomando sua relação e passando a morar juntos. Nesta segunda tentativa de ambos, a relação dos dois estava em meio a altos e baixos, o que fez mais uma vez com que Karen terminasse e fosse embora, agora para a Califórnia. Enquanto estava lá, em um exame de rotina Karen descobriu que estava com HIV positivo (isso era um plano do vilão Mysterio para enlouquecer o Demolidor), voltando para Nova York ela revela sua condição a Matt que a apoia e retoma seu relacionamento com ela. Mais tarde, o Mercenário (contratado por Mysterio) tenta sequestrar uma bebê que estava sob os cuidados do Demolidor, os dois entram em confronto, mas Karen interfere apontando um revolver para o Mercenário que mesmo assim saiu vitorioso e com a bebê. Ao tentar escapar, o Mercenário pegou o bastão do Demolidor e o atirou contra o herói, mas Karen vendo a cena se jogou na frente e acabou tendo o peito perfurado pela arma. O seu sacrifício possibilitou que o Demolidor destece o Mercenário e derrotasse o Mysterio, resgatando a bebê que recebeu o nome de Karen antes de Matt a entregar para um casal que a adotou.

Milla Donovan: Milla foi salva pelo Demolidor de ser atropelada por um caminhão, assim que ele a salvou percebeu que a mesma era como ele, cega. Um tempo depois, quando rumores sobre a identidade secreta do Demolidor passou para o domínio público, Milla procurou Matt e o convidou para um encontro. Durante o encontro, Matt se recusou a admitir suas atividades heroicas, mas ficou encantado pela mulher e os dois começaram um relacionamento. Pouco tempo depois os dois se casaram, mas quando ela desconfiou que estava sendo usada por Matt para superar a trágica morte de Karen Page, ela tentou anular o casamento. Milla foi vitima de alguns ataques dos inimigos do Demolidor, mas o pior deles foi do Senhor Medo, que usando da substancia do Medo, ao qual alterou seu comportamento, ela acabou assassinando um homem inocente. Assim, Milla foi condenada e internada ao isolamento em uma clinica para doentes mentais, e Matt foi obrigado a assinar o divorcio.

Viúva Negra: Natasha Romanoff é conhecida por ser a maior pegadora do Universo Marvel, ela realmente tem uma boa lista de relacionamentos, sejam sérios ou apenas casos. Nesta lista se inclui também o Demolidor, eles se conheceram logo no início de sua carreira como heroína, quando trabalhava para a SHIELD, eles iniciaram um relacionamento que se tornou tão sério que ela acabou se mudando para a Califórnia (onde Matt estava instalado no período). A relação dos dois durou bastante tempo, pelo menos enquanto durou a parceria dos dois na cidade. Até hoje eles tem uma relação bem afetiva, e ainda mantem uma “amizade colorida” sempre que se encontram.

Heather Glenn: Heather foi uma das mulheres que marcaram a vida de Matt (de modo trágico, claro). Ela cantava o advogado sempre que podia e sua insistência fez com que Matt cedesse e começassem um relacionamento até que bem normal. Quando o pai de Heather acabou cometendo suicídio, ela acabou descobrindo a verdadeira identidade de Matt e achou que a culpa pela morte de seu pai era dele. A relação continuou e passou a fazer muito mal para os dois, assim Foggy e a Viúva Negra se uniram para enganar o casal e fazer com que rompessem. Tempos depois, Heather voltou com sérios problemas com o álcool e acabou cometendo suicídio, traumatizando o pobre Matt.

Glorianna O’Brien: Quando Matt a ajudou a adquirir um apartamento, os dois iniciaram um relacionamento de idas e vindas. O término ocorreu por uma tragédia (mais uma!), a fotografa foi morta sendo jogada da janela pelo vilão Kruel.

Kristen McDuffie: Uma promotora que frequentemente tentava fazer Matt confessar ser o Demolidor. Ela acabou se envolvendo afetivamente com Matt e hoje o ajuda em tempo integral na “Nelson & Murdock”, após um problema de saúde de Foggy. Ela é o relacionamento mais recente de Matt.

Eco: Como já descrevi acima, Maya Lopez era inicialmente uma vilã do Demolidor, pois por meio das mentiras do Rei do Crime ela acreditava ser o herói o responsável pela morte de seu pai. Sob o codinome Eco, Maya é uma garota surda que consegue copiar todo e qualquer movimento só de ver uma vez. Ela descobre que o Rei do Crime mentiu para ela e tenta compensar o Demolidor ao se tornar uma heroína, os dois iniciam um relacionamento até a mesma entrar para os Vingadores sob a alcunha de Ronin.

Mary Tyfoid: Talvez o relacionamento mais estranho que Matt tenha tido. Mary sofre de distúrbios mentais, ou seja, ela tem dupla personalidade. Ela foi contratada pelo Rei do Crime para seduzir e matar o Demolidor, assim sua personalidade tímida e pacifista chamada Mary acabou se relacionando com o Demolidor, enquanto sua personalidade vilanesca chamada Tyfoid se relacionava com o Rei do Crime, tudo isso ao mesmo tempo.

Gata Negra: Felícia Hardy que por vezes age como vilã, por outras como heroína, é conhecida por ser um interesse amoroso do Homem-Aranha, mas ela também “dá uns pulos” na cama de Matt Murdock. Matt e Felícia são “ficantes”, ela sempre aparece nas horas mais tensas para o herói, mas essa “pegação” toda já causou certa vez uma tensão entre os amigos Demolidor e Homem-Aranha.

 

Mídias

O Demolidor, assim como o Homem-Aranha, sempre esteve de alguma maneira presente na maior parte das mídias da Marvel, talvez por conta da semelhança das atividades dos dois, sendo o Demolidor mais sombrio e menos cômico que o Homem-Aranha.
Suas participações se dão desde animações, filmes e games. Nas animações, o Demolidor aparece em: “Spider-Man and His Amanzing Friends” (1981), “Homem-Aranha: A Série Animada” (1994) e em “Quarteto Fantástico” (1994), também no filme animado “Demolidor vs Homem-Aranha” (1994).
Nos filmes a primeira aparição de Matt Murdock ainda com seu traje preto foi no filme “O Julgamento do Incrível Hulk” (1989). Anos depois o herói foi protagonista de seu filme próprio chamado “Demolidor – O Homem Sem Medo” (2003), sendo interpretado por Ben Affleck, o filme adaptou os arcos “A Queda de Murdock” e “A Saga de Elektra”. O Demolidor também faz participação no filme “Elektra” (2005), aparecendo como uma visão da ninja.
Nos games, o herói aparece em: “Venom/Spider-Man: Separation Anxiety” (1995), “Spider-Man: Web of Fire” (1996), “Spider-Man” (2000), “The Punisher”(2004), “Marvel Nemesis: Rise of the Imperfects” (2005), “Ultimate Spider-Man” (2005), “Marvel Ultimate Alliance” (2006), “Marvel Ultimate Alliance” (2009), “Marvel vs. Capcom 3: Fate of Two Worlds” (2011), “Marvel Avengers Aliance” (2012), “Marvel Future Fight” (2015).

 

Atualmente

Os mais experientes no mundo geek (ou seja, aqueles que presenciaram a expansão do universo geek no inicio dos anos 2000), sabem o fracasso que foi o filme “Demolidor – O Homem Sem Medo” (2003), que apesar de um roteiro razoável, parecia (essa é minha opinião) que o protagonista estava mais perdido do que “cego em tiroteio” (desculpe o trocadilho), além do mais a sua “continuação” em “Elektra” (2005) não ajudou muito para que melhorasse a imagem do Demolidor nos cinemas, e assim o herói acabou tendo uma história bem curta nas telonas. Neste período o personagem ainda pertencia a Fox (por causa do grande leilão de personagens da Marvel no inicio dos anos 90), a Fox até tentou recuperá-lo ao anunciar um reboot, mas acabou que o projeto ficou apenas no papel e após 9 anos sem usar o herói em qualquer mídia, o Demolidor e seus personagens referentes voltaram para a Marvel.
A Marvel Studios, que não é boba e já estava planejando seu universo expandido, incluiu o Demolidor em seus planos futuros. Assim em novembro de 2013, já na Disney, a Marvel Studios anunciou uma parceria com a Netflix em séries live-action ao qual se baseariam em quatro heróis, os quais Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage e Punho de Ferro que formariam a equipe Os Defensores. Essa parceria foi firmada para popularizar esses personagens e num futuro poderem produzir filmes de qualidade para um publico já formado.
A primeira série escolhida para encabeçar o projeto foi “Demolidor”, por ser um personagem mais conhecido do grande público, assim Drew Goddard foi escolhido como o produtor executivo e showrunner da série. Em fevereiro de 2014, Goddard confirmou que as séries produzidas fariam parte do Universo Cinematográfico Marvel.
Em 2015 a Netflix em parceria com a Marvel Studios lançaram a primeira temporada de “Demolidor”, estrelando Charlie Cox como o personagem título, tendo 13 episódios com 50 minutos cada, esta foi uma das séries de maior audiência do streaming no ano, alcançando elogios tanto do público quanto da crítica.
O sucesso de “Demolidor” foi tão grande que no mesmo ano anunciaram a segunda temporada lançada em 2016, em 2017 estreou a série “Os Defensores” ao qual o Demolidor foi o personagem mais elogiado juntamente com Jessica Jones.
Dando continuidade aos acontecimentos do último episódio de “Os Defensores”, em 19 de outubro de 2018, a Marvel/Netflix estreou a terceira temporada de “Demolidor” que traz de volta o vilão Rei do Crime e apresenta o tão esperado Mercenário, a série mau lançou e já esta sendo bastante elogiada pela crítica.

 

 

 

Matt Murdock é um advogado durante o dia e um juiz a noite conhecido por Demolidor. Parece ser duas pessoas totalmente diferentes, mas as duas personas estão em apenas um homem, marcado por tragédias e que mesmo com todas as dificuldades não desiste de buscar justiça seja a quem for, seja como for. O Demolidor é um personagem que traz luz as sombras que sempre o rodeiam, a sua fé é o que lhe rege, o que lhe sustenta e o que faz ser o grande homem e o grande herói que é, sempre pensando mais no próximo que a si mesmo, mas ele não é santo, Matt luta contra seus demônios internos, contra a sua vontade de fazer justiça com as próprias mãos, pois se fizer sua consciência não o deixaria em paz. Esse é o Demolidor, um herói consciente, astuto, um herói sem medo, um homem sem medo.

Deixe um Comentário

Por favor, deixe seu comentário!
Digite seu nome aqui